sábado, 25 de setembro de 2010

telhados


antenas captando um outro lugar para sonhar
o mar, o tejo, a lingua que me come,
portugal um inicio,
pra te dizer em linguas proprias,
eu sou,
todo esse imenso desconhecido.

2 comentários:

Priscila Nicolielo disse...

onde vc ta morando?
acho que passo dezembro na europa. achei que pudessemos tomar um café...
bjs

Roberta Ferraz disse...

ah o tejo...