quinta-feira, 12 de novembro de 2009

rotina.

entrecortada
pela janela
poesia escondida
sorri entre folhas
de um dia
em partida
um começo de noite
um respiro
de vida
entre galhos
e uma certa esperança
regressa,
regresso.

Nenhum comentário: